Pular para o conteúdo principal

Testamos o iOS 7, o sistema da Apple que promete revolucionar o iPhone e o iPad

Conheça as novidades do iOS 7 (Foto: Divulgação)Novos ícones do iOS 7 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Nova calculadora do iOS 7 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)
Nova Central de Controle do iOS 7 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)
Nova Central de Notificações do iOS 7 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Nova app de previsão do tempo, parecido com o Yahoo! Tempo (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)
Spotlight está embutido na tela principal do iOS (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Tela de bloqueio do iOS 7 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)iOS 7 ganhou um novo recurso de multitarefas (Foto: Reprodução / Edivaldo Brito)Pastas no iOS 7: com paginação (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Ícone do relógio no iOS 7 mostra a hora real nos ponteiros (Foto: Reprodução / Edivaldo Brito)O iOS 7 já está entre nós, ainda que seja na forma de um beta. O sistema operacional da Apple para iPhone e iPad ganhou uma repaginada no design e vários novos recursos, em uma mudança considerada a maior desde a chegada do sistema. O Tecnologia incrivel testou a nova plataforma e relatou as primeiras impressões do novo iOS. Confira!

Interface
Apesar do impacto criado pela apresentação do sistema na WWDC 2013, engana-se quem pensou que o iOS 7 é uma plataforma totalmente nova. No geral, por baixo de sua interface, ainda existe tudo aquilo que os usuários estão acostumados. Ou seja, o funcionamento do sistema é praticamente o mesmo, o que é muito importante.
Mas o impacto da mudança visual do iOS 7 é muito forte, e a primeira sensação que se tem ao usá-lo é achar que está em outro SO. Talvez por causa disso, nos primeiros minutos de uso seja um pouco difícil se acostumar com o sistema. Porém, com o tempo, é possível perceber que o uso é exatamente o mesmo do iOS 6, apenas com uma nova roupagem e alguns recursos extras.
Fora um ou outro item novo, as opções de configuração dos “Ajustes” continuam as mesmas, e o layout da tela inicial também permanece igual. Só os ícones da tela de início mudaram, ficando um pouco mais infantis e coloridos, e o novo Control Center - acessado ao arrastar a tela de baixo para cima - tornam o novo sistema um pouco parecido com o Android. Já em outras telas, como a do aplicativo de calculadora, o visual do sistema se parece com o Windows Phone. A tela de multitarefa e o app telefone (principalmente na tela que aparece quando se está fazendo uma ligação) também parecem ter sido "sugados" do sistema da Microsoft. Nesse sentido, a Apple perdeu um pouco a sua identidade, já que sempre teve uma identidade mais discreta em todos os seus apps.
Os novos recursos do iOS 7
A interface talvez tenha sido a novidade mais impressionante na nova plataforma da Apple. Porém, a companhia não economizou esforços para trazer inovações também na usabilidade e nos recursos do seu sistema operacional.
Central de Controle
Poder acessar as configurações do aparelho sempre foi algo complicado e demorado no iOS. Para resolver isso, a Apple fez algo que há muito tempo seus usuários pediam: uma Central de Controle, acessível apenas com o gesto de tocar a parte inferior da tela e puxar para cima. Dentro dela, atalhos que permitem ativar ou desativar alguns dos itens disponíveis normalmente em “Ajustes” (Bluetooth, Wi-Fi, Não Perturbe, brilho da tela e outros). A Central também traz outras funcionalidades, como Câmera, Calculadora, Cronômetro e até uma lanterna para você iluminar locais escuros ou a noite.
A Central funciona perfeitamente, respondendo sempre que o usuário faz o gesto levando a borda da tela até o topo (inverso ao da Central de Notificações). Todas as vezes que o movimento foi feito, a resposta foi imediata: sem engasgos e sem ignorar o usuário nenhuma vez. É uma aplicação muito útil e que está rodando perfeitamente.
Central de Notificações
A Central de Notificações foi praticamente repaginada: seu layout se tornou bem mais limpo e, talvez o mais importante, agora o recurso pode agora ser visualizado até mesmo com a tela do aparelho bloqueada. Antes, o usuário era obrigado a desbloquear o dispositivo para ver suas atualizações, mas a Apple foi inteligente em implantar esta praticidade.
Na central você pode ver as notificações do dia, todas ou apenas as perdidas. O acesso a ela continua igual a das versões anteriores do sistema: basta puxar a parte de cima da tela para baixo. O funcionamento também é perfeito, e as notificações são dadas com precisão e sem problemas.

Tempo
O aplicativo Tempo foi atualizado e agora tem a interface muito parecida com a do recém lançado Yahoo! Tempo. Com um gesto de pinça (abrir ou fechar) é possível alternar entre a informação do tempo de um local ou ver todos os locais na mesma tela. Porém, um dos grandes pontos fracos do app é que ele tem poucos detalhes metereológicos: até mesmo o aplicativo do Yahoo tem mais informações sobre o tempo.
Safari
As mudanças foram grandes no Safari, tanto que o browser parece outro programa. A interface do app foi bastante alterada, seguindo o padrão clean do novo sistema operacional. Com isso, ele passou a lembrar mais alguns navegadores concorrentes, como o Opera e o Chrome. Uma função bem útil é a aparição dos favoritos - com ícones bem grandes - sempre que a barra de navegação é tocada.
Mas a mudança mais importante está no recurso de abas, que agora tem uma visualização em 3D. No entanto, toda essa animação, embora seja bem bonita, pode acabar consumindo mais bateria e processamento sem qualquer utilidade, já que o recurso é dispensável. A Apple fugiu um pouco da sua característica de ser prática em todas as funções.
Spotlight
O Spotlight saiu da tela principal do iOS e ficou mais simples de usar. Agora ele pode ser acessado em qualquer uma das telas, basta tocar no meio dela e arrastar para baixo. Com isso, ficou mais simples buscar qualquer coisa pelo dispositivo. O funcionamento do Spotlight também está bem leve, mesmo quando acessado no meio de um app mais pesado.
Siri
Infelizmente o Siri ainda não está falando português. No entanto, como nenhuma língua nova foi adicionada a esta versão beta, ainda existe a possibilidade do idioma aparecer na versão final, a ser lançada no fim do ano.
No geral, o assistente virtual ficou um pouco melhor, já que está integrado à Wikipedia, ao Twitter e - o grande ponto fraco - ao buscador Bing, da Microsoft. Porém, o Siri ainda está correndo atrás do Google Now, que é muito mais integrado às funções do sistema e possui um reconhecimento de voz um pouco mais preciso. O Siri melhorou, mas ainda precisa melhorar mais.
Bloqueio de tela
A tela de bloqueio do iOS era, talvez, a grande demonstração de como o sistema era ultrapassado. Ter que arrastar uma barrinha de bloqueio para então digitar a senha e só então usufruir da plataforma era muito trabalhoso e antiquado. Com isso, a Apple se reinventou: mais uma vez se assemelhando ao Android, agora é possível fazer três gestos diferentes na tela de bloqueio: deslizando para a direita, a tela é liberada; para cima, abre a Central de Controle; e para baixo, a de Notificações.
O funcionamento é muito mais intuitivo e agradável. O novo bloqueio de tela é possivelmente uma das grandes melhoras trazidas pelo novo sistema operacional da Apple.
Multitarefas
A antiga barra de tarefas do iOS, que tinha acesso manuseio difícil e pouco agradável visualmente, deu lugar a uma bonita lista com uma prévia dos apps abertos. Mais uma novidade bem parecida com recursos presentes no Android e no Windows Phone. Mas se é para deixar o funcionamento melhor, vale a pena. Basta tocar e arraste uma das prévias da lista para cima e você fecha o programa correspondente; arrastando para o meio, você abre a aplicação.
Outra novidade em relação à multitarefa, agora é possível deixar os aplicativos realmente sendo executados em segundo plano, pois o que o sistema fazia antes era deixar os programas parados e somente alguns programas da Apple realmente continuavam funcionando. Mas para que para que a bateria de seu dispositivo não seja desperdiçada, você pode selecionar quais aplicativos você deixará com essa função, em “Ajustes“.
Pastas
As pastas do iOS agora suportam mais aplicações e contam com paginação (como na tela inicial do iOS), para exibir o restante das apps quando não cabem na tela. Além disso, assim como todo sistema, o visual das pastas está mais bonito e suave. Câmera com filtros
O Aplicativo Câmera está com um visual totalmente diferente e ganhou novos recursos. Na hora de editar a foto, além das funções já existentes (girar, melhora automática, olhos vermelhos e cortar), é possível aplicar efeitos nas imagens no melhor estilho Instagram. No total, são dez efeitos disponíveis, embora eles não sejam lá muito úteis. Afinal, não é muito comum se utilizar efeitos nas fotos a não ser que elas sejam postadas no Instagram. Logo, não era algo tão necessário ter o recurso nativo no app da câmera.
Redes sociais
O iOS 7 adicionou integração com mais duas redes sociais além das já existentes (Twitter e Facebook). Agora com os aplicativos do Flickr e Vimeo instalados e as contas dessas redes cadastradas em “Ajustes” é possível conectar e interagir com elas no sistema de forma nativa.
Recurso “Por Aqui” na App Store
Para tentar divulgar ainda mais os programas da App Store, a Apple colocou um recurso no iOS 7 que identifica quem está utilizando o sistema operacional na sua região e diz quais os apps mais baixados no local. O recurso, claro, depende da autorização de cada usuário.
Segurança
No iOS 7, quando se conecta o iPhone em um computador diferente do seu, ele pergunta se ele é “confiável“, para evitar que acesso a todos os dados contidos no aparelho.
Ícone do Relógio
Uma pequena curiosidade: o novo ícone do relógio do iOS não é estático, a imagem dele mostra sempre a hora atual. Assim, se você preferir ver a hora por relógios de ponteiros, basta olhar para o ícone do aplicativo que você verá o horário real.
Conclusão
Como este é o primeiro beta do iOS 7, embora seu desempenho seja muito rápido e redondo, em alguns momentos ele se mostra instável sem motivo aparente. Porém, ele dá uma boa noção do que está para chegar aos aparelhos até o final do ano, já que a versão de testes existe justamente para que a Apple possa aperfeiçoar todos os detalhes antes do lançamento oficial.
Ou seja, muita coisa pode melhorar até o dia do lançamento oficial. No entanto, já é possível ver que a Apple caprichou no novo sistema, trazendo uma usabilidade e uma interface muito mais agradáveis para o usuário. No geral, os novos recursos rodam perfeitamente e não irão decepcionar os fãs que aguardam a chegada da nova versão - a não ser, talvez, aqueles mais conservadores.

Postagens mais visitadas deste blog

Avenida Brasil Todos os capítulos HD Download Torrent

A novela conta a história de Rita (Débora Falabella), filha do viúvo Genésio (Tony Ramos), que tinha acabado de casar com Carmem Lúcia (Adriana Esteves), a Carminha, uma mulher falsa que aparentava ser simples e sem maldade. Carminha tinha um caso de anos com Max (Marcello Novaes), seu parceiro na trapacearia, e eles tramaram um plano para roubar todo dinheiro de Genésio e fugir, mas Rita atrapalhou o planejado e conseguiu desmascarar Carminha para seu pai. Pouco mais tarde, Genésio é atropelado por um jogador famoso de futebol, o Tufão (Murilo Benício), que tenta o socorrer mas sem sucesso. Se sentindo culpado, Tufão oferece ajuda a Carminha, que vê ali uma ótima oportunidade para tramar mais um golpe. Ela se aproxima de Tufão, mas precisa sumir com Rita. Ela pede a ajuda de Max para leva-la para um lixão e deixa-la abandonada. Anos depois, Rita reaparece na vida de Carminha de um jeito um tanto curioso, com sede de vingança e será capaz de muita coisa para ver Carminha e Max detonad…

Xena A Princesa Guerreira 3° Temporada Dublado Download Torrent

Informações Da Série:
Nome no Brasil: Xena: A Princesa Guerreira
Ano de Lançamento: 1997-1998
Duração: 45 Min
Qualidade: DVDRip / HDTV
Áudio: 10

A série conta as aventuras de uma guerreira que iniciou uma jornada em busca da sua redenção pelos erros cometidos no passado, quando liderava tropas de guerra e não tinha misericórdia alguma com seus inimigos. Xena, então, passa a aproveitar suas impressionantes habilidades como lutadora para ajudar as pessoas que cruzam seu caminho. Nessa jornada, ela conta com Gabrielle, que, no começo da série, era apenas uma garota inocente do interior, mas que, com o passar dos anos, tornou-se também uma exímia guerreira e a maior aliada da protagonista. Xena – A Princesa Guerreira originou-se da série Hércules: a ideia inicial era que Xena aparecesse em apenas três episódios, mas, devido ao sucesso da personagem, ela terminou ganhando uma série apenas para si.

DOWNLOAD DA TEMPORADA AQUI



Download As Visões Da Raven 1ª a 4ª Temporada Dublado

As Visões da Raven é uma série americana do Disney Channel. A história gira em torno de uma adolescente chamada Raven Baxter e de seus amigos: Eddie, Chelsea, e sua família.  Geralmente vive usando o seu poder psíquico e sua capacidade de prever o futuro como uma mestre do disfarce. Sempre coloca seus amigos ou sua família em confusões, mas todos entendem que é difícil ser vidente. Dados da Série Nome: As Visões de Raven (Completo) Gênero: Comédia Idioma: Português Formato: TVRip Tamanho Total: 7 GB Download - Mediafire - 1ª Temporada Episódio 01 - Prova de Amizade: Download Episódio 02 - Mamãe Querida: Download Episódio 03 - Festa Animal: Download Episódio 04 - Acorda, Victor!: Download Episódio 05 - Um Peixe Chamado Raven: Download Episódio 06 - Cheiro de Vitória: Download Episódio 07 - Campanha No Pescoço: Download Episódio 08 - Salvando A Vidente Raven: Download Episódio 09 - As Festas: Download Episódio 10 - Os Jogos Entre Namorados: Download Episódio 11 - Prima Distante: Do…