Pular para o conteúdo principal

Vdio, o irmão para filmes e séries do Rdio, estreia lá fora

VdioFazia um tempão que os mesmos criadores do Rdio vinham testando um serviço de vídeos — no caso, séries e filmes — batizado de, adivinhe… Vdio. Ele finalmente foi lançado em dois países e, embora a paternidade leve a crer em um modelo a la Netflix, na prática não é bem assim. Ah sim: o Brasil está nos planos. O Vdio, apesar do nome similar ao do Rdio, tem muitas diferenças para além do conteúdo que, no lugar de música ilimitada, oferece um catálogo bem atualizado de filmes e séries — dentro da realidade do vídeo sob demanda, que no momento não é das mais animadoras. E esse é, provavelmente, o maior choque de quem o assina. Em vez de pagar uma mensalidade para assistir o que quiser, o modelo de negócios do Vdio é mais conservador, baseado na compra e aluguel de títulos, da mesma forma que Apple e Google já fazem na iTunes Store e Google Play, respectivamente. Competir com os enormes acervos de Netflix (lá fora) e Amazon, ambas trabalhando no modelo de assinatura, seria complicado, por isso a opção por essa outra abordagem. Para dar um gás no Vdio, assinantes do Rdio Ilimitado, o plano que no Brasil custa R$ 14,90 e dá direito a curtir as músicas em dispositivos móveis, ganham um crédito de US$ 25/£ 20 para gastar lá. Com episódios de séries vendidos por cerca de US$ 3 e filmes, a US$ 15 (aluguel por US$ 5), dá para conferir qual é a do serviço sem colocar a mão no bolso.

 Quando chega ao Brasil? 
Vdio

Há meses estamos sondando o lançamento do Vdio. Ele já aparecia no sistema de tradução do Rdio, que é todo feito por voluntários em troca de cartões para uso gratuito do serviço de música. Boa parte das strings, os trechos de texto que compõem a interface do sistema, já estava pronta quando começamos a conversar com nossa fonte (vide imagem acima), em janeiro. Apesar do trabalho de localização estar avançado, o Vdio não estreou no Brasil de cara; a princípio ele só está disponível nos Estados Unidos e Reino Unido, com planos de expansão para o Canadá logo em seguida. Como sabemos desse lance do Canadá? Pela assessoria de imprensa. Batemos um papo com o pessoal de lá para saber quando e se o Vdio chegará por aqui e, como era esperado, não tivemos uma resposta concreta. Mas nas entrelinhas, ficou uma sensação boa. Por email, nos disseram que os planos são expandir o serviço para todos os 23 países onde o Rdio atua, e que “vale lembrar que o Brasil é o terceiro mercado do Rdio. ;]” — com emoticon e tudo. Seremos os próximos, logo após o Canadá?
Mas e aí, é bom?
Vdio

Como toda novidade, ainda existem arestas a serem aparadas no Vdio. Quem testou notou alguns problemas, como a falta de indicadores da qualidade de imagem das ofertas — o serviço se defende dizendo que sempre entrega os vídeos com a melhor qualidade possível. A disponibilidade de apps, algo extremamente importante nesse segmento, ainda é parca: existe apenas um app para iPad, sem a opção de in-app purchases. É isso ou assistir pelo navegador, mas no anúncio já foi confirmado que novas plataformas estão na mira do serviço e que conversas com fabricantes de set-top boxes estão rolando.
Há filmes bem recentes, como Lincoln, Django Livre e A Hora Mais Escura. Na hora de dar o play, a interface é bem minimalista e a qualidade, segundo o Ars Technica, boa. Falta a opção de cache offline; nem mesmo no app do iPad, onde essa solução faz muito sentido, ela existe. O Ars notou, ainda, detalhes em relação à privacidade que podem ser um banho de água fria. O fator social, que é uma das coisas mais bacanas do Rdio, também está presente, com recomendações baseadas no que você já viu e no que seus amigos estão vendo e a presença de “Sets”, que nada mais são que playlists de filmes/séries. Diferenciais como esse são válidos, pois em relação a preço não há novidade. Mas o tiro pode sair pela culatra, já que a política de privacidade é bem draconiana. As contas de Rdio e Vdio são interconectadas e, nessa, a integração com o Facebook, que é bastante presente no Rdio, entra no bolo. As críticas que o Netflix enfrentou com a integração com o Facebook (suficientes, inclusive, para eu não ativá-la) devem se repetir aqui. Mas o pior mesmo é que o histórico de conteúdo visualizado é permanente, não pode ser apagado jamais, o que significa que se você curte ver uns episódios de Galinha Pintadinha ou Patati Patatá de vez em quando, pense bem antes de fazê-lo no Vdio — todos os seus amigos ficarão sabendo e aquela desculpa “ah, meu filho/sobrinho curte” tem limites, né? A única opção nessa área disponível é a de fechar o perfil, situação onde, caso alguém queira segui-lo, é preciso ter o seu aval. Como no Twitter. Mais competição é sempre bom, e mesmo limitado, o Vdio tem potencial — o Rdio melhorou bastante com o tempo. É preciso aperfeiçoar aspectos-chave, como disponibilidade em mais plataformas e, se possível, uma revisão da política de privacidade. Ficamos no aguardo da sua chegada ao Brasil. Quando? Não sabemos, mas não deve demorar.

Postagens mais visitadas deste blog

Avenida Brasil Todos os capítulos HD Download Torrent

A novela conta a história de Rita (Débora Falabella), filha do viúvo Genésio (Tony Ramos), que tinha acabado de casar com Carmem Lúcia (Adriana Esteves), a Carminha, uma mulher falsa que aparentava ser simples e sem maldade. Carminha tinha um caso de anos com Max (Marcello Novaes), seu parceiro na trapacearia, e eles tramaram um plano para roubar todo dinheiro de Genésio e fugir, mas Rita atrapalhou o planejado e conseguiu desmascarar Carminha para seu pai. Pouco mais tarde, Genésio é atropelado por um jogador famoso de futebol, o Tufão (Murilo Benício), que tenta o socorrer mas sem sucesso. Se sentindo culpado, Tufão oferece ajuda a Carminha, que vê ali uma ótima oportunidade para tramar mais um golpe. Ela se aproxima de Tufão, mas precisa sumir com Rita. Ela pede a ajuda de Max para leva-la para um lixão e deixa-la abandonada. Anos depois, Rita reaparece na vida de Carminha de um jeito um tanto curioso, com sede de vingança e será capaz de muita coisa para ver Carminha e Max detonad…

Xena A Princesa Guerreira 3° Temporada Dublado Download Torrent

Informações Da Série:
Nome no Brasil: Xena: A Princesa Guerreira
Ano de Lançamento: 1997-1998
Duração: 45 Min
Qualidade: DVDRip / HDTV
Áudio: 10

A série conta as aventuras de uma guerreira que iniciou uma jornada em busca da sua redenção pelos erros cometidos no passado, quando liderava tropas de guerra e não tinha misericórdia alguma com seus inimigos. Xena, então, passa a aproveitar suas impressionantes habilidades como lutadora para ajudar as pessoas que cruzam seu caminho. Nessa jornada, ela conta com Gabrielle, que, no começo da série, era apenas uma garota inocente do interior, mas que, com o passar dos anos, tornou-se também uma exímia guerreira e a maior aliada da protagonista. Xena – A Princesa Guerreira originou-se da série Hércules: a ideia inicial era que Xena aparecesse em apenas três episódios, mas, devido ao sucesso da personagem, ela terminou ganhando uma série apenas para si.

DOWNLOAD DA TEMPORADA AQUI



Download As Visões Da Raven 1ª a 4ª Temporada Dublado

As Visões da Raven é uma série americana do Disney Channel. A história gira em torno de uma adolescente chamada Raven Baxter e de seus amigos: Eddie, Chelsea, e sua família.  Geralmente vive usando o seu poder psíquico e sua capacidade de prever o futuro como uma mestre do disfarce. Sempre coloca seus amigos ou sua família em confusões, mas todos entendem que é difícil ser vidente. Dados da Série Nome: As Visões de Raven (Completo) Gênero: Comédia Idioma: Português Formato: TVRip Tamanho Total: 7 GB Download - Mediafire - 1ª Temporada Episódio 01 - Prova de Amizade: Download Episódio 02 - Mamãe Querida: Download Episódio 03 - Festa Animal: Download Episódio 04 - Acorda, Victor!: Download Episódio 05 - Um Peixe Chamado Raven: Download Episódio 06 - Cheiro de Vitória: Download Episódio 07 - Campanha No Pescoço: Download Episódio 08 - Salvando A Vidente Raven: Download Episódio 09 - As Festas: Download Episódio 10 - Os Jogos Entre Namorados: Download Episódio 11 - Prima Distante: Do…